Por:

Website:

Válvulas para Baixa Emissão Fugitiva

Nas instalações industriais há perdas indesejáveis de fluidos poluentes voláteis (VOCs ou VHAPs) através de eixos de bombas, compressores, agitadores, misturadores, válvulas e uniões flangeadas, que devem ser monitorados e controlados.
Estas perdas são conhecidas como Emissões Fugitivas (Fugitive Emissions) e não podem ser detectadas por meio de inspeções visuais, exigindo monitoramento com equipamentos especiais.
Os equipamentos e tubulações, dos sistemas em Serviço com Poluentes Voláteis – VOCs, requerem especificações de Baixa Emissão Fugitiva, para assegurar o nível mínimo de vazamentos e emissões.

Nas instalações industriais há perdas indesejáveis de fluidos poluentes voláteis (VOCs ou VHAPs) através de eixos de bombas, compressores, agitadores, misturadores, válvulas e uniões flangeadas, que devem ser monitorados e controlados.
Estas perdas são conhecidas como Emissões Fugitivas (Fugitive Emissions) e não podem ser detectadas por meio de inspeções visuais, exigindo monitoramento com equipamentos especiais.
Os equipamentos e tubulações, dos sistemas em Serviço com Poluentes Voláteis – VOCs, requerem especificações de Baixa Emissão Fugitiva, para assegurar o nível mínimo de vazamentos e emissões.

Esta especificação técnica define os critérios para atender às condições de certificação para baixa emissão fugitiva de válvulas de bloqueio, de regulagem e de controle.
A finalidade é prescrever as diretrizes para reduzir a quantidade de poluentes liberados para o meio ambiente, decorrentes de vazamentos por válvulas.

Válvulas para baixa emissão fugitiva

Deixe o seu comentário

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível:

Carregando...Carregando...