Tag: equipamentos críticos

Requisitos para PIT- Plano de Inspeção e Testes de Equipamentos Críticos de Caldeiraria

Requisitos para PIT- Plano de Inspeção e Testes de Equipamentos Críticos de Caldeiraria

Na área de refino de petróleo, devido às complexidades dos processos químicos e catalíticos, para a obtenção de produtos limpos e livres de contaminantes tóxicos e nocivos ao meio ambiente e aos seres vivos, os equipamentos e sistemas de tubulações associados operam em condições de elevadas pressões (em alguns casos acima de 150 kgf/cm²) e/ou temperaturas (acima de 400ºC).
Além disso, contêm fluidos combustíveis, inflamáveis ao contato com Oxigênio ou ar atmosférico; ou fluidos considerados de alta toxidade; ou são sujeitos a mecanismos de corrosão por H2S; ou deterioração metalúrgica causada pelo Hidrogênio, ou combinação dessas situações.

Requisitos para inspeção e plano de testes de equipamentos críticos – Supplementary Requirements for NDE Examinations of critical equipments

Requisitos para inspeção e plano de testes de equipamentos críticos – Supplementary Requirements for NDE Examinations of critical equipments

Os vasos de pressão mais críticos são os que operam em condições de alta pressão (acima de 100 kgf/cm²) e/ou elevadas temperaturas (acima de 400ºC). Estes equipamentos são normalmente os reatores de processo e os permutadores de calor de unidades de hidrotratamento.
Porém, mesmo equipamentos como vasos, torres, filtros e permutadores convencionais, isto é, operando em baixas pressões e temperaturas, se o fluido de processo apresentar características do tipo ataque pelo H2 e/ou H2S, ou ainda se opera em condições cíclicas, são também classificados com críticos.
Tais equipamentos devem ser submetidos à inspeção mais criteriosa, durante a fabricação, e mesmo após a entrada em operação, durante as manutenções.

Newsletter

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.