Por:

Website:

Dispositivos de Proteção e Alívio de Pressão – Disco de Ruptura e Pino de Ruptura

As instalações industriais devem ter seus equipamentos (tanques, reatores, vasos, torres, permutadores de calor, filtros, silos, qualquer outro tipo de equipamento) e sistemas de tubulações, que trabalhem pressurizados, protegidos contra o evento descontrolado de excesso de pressão, que pode danificar ou destruir e mesmo causar graves acidentes às pessoas envolvidas com operação e manutenção dessas instalações.

As instalações industriais devem ter seus equipamentos (tanques, reatores, vasos, torres, permutadores de calor, filtros, silos, qualquer outro tipo de equipamento) e sistemas de tubulações, que trabalhem pressurizados, protegidos contra o evento descontrolado de excesso de pressão, que pode danificar ou destruir e mesmo causar graves acidentes às pessoas envolvidas com operação e manutenção dessas instalações.

Os dispositivos de segurança mais usados são as válvulas de alívio de pressão, para a proteção de vasos de pressão e tubulações, contra o excesso de pressão, conforme o código ASME Seção VIII, e são de fechamento automático, isto é, após a abertura de alívio da pressão tornam a fechar hermeticamente.

Mas o ASME Seção VIII também permite o uso de dispositivos, que não são de fechamento automático (“non-reclosing devices”), que são os discos de ruptura e pinos de ruptura, para a mesma função de impedir a elevação da pressão, além do valor de projeto do equipamento ou tubulação.

Já o código ASME Seção I, que estabelece as regras para as Caldeiras de Vapor permite apenas o uso de válvulas de alívio de pressão, não cita dispositivos de fechamento não automático (“non-reclosing devices”): discos e pinos de ruptura.

Disco de ruptura e pino de ruptura

Deixe o seu comentário

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível:

Carregando...Carregando...